Bino Rodrigues – O homem por detrás das tatuagens!

Com um corpo atlético e repleto de tatuagens, o Bino é já uma das “imagens de marca” da GREAT I AM! Um autodidata da musculação e nutrição, um adepto fervoroso do ferro mas que também adora comer… Há muito mais por trás de toda a tinta que Bino tem no corpo. Hoje é o dia que se dá a conhecer!

“É só uma!!!” é assim que Albino Rodrigues, “Bino” para os amigos, responde quando lhe perguntam quantas tatuagens tem no corpo. Hoje tem mais de 90% do corpo tatuado e promete não parar.


GREAT – Quem é o Bino?
Bino: O Bino é disciplinado, extrovertido, apaixonado e sonhador.

GREAT – E um atleta! Nota-se que levas o treino a sério e que estás em forma, o fitness fez sempre parte da tua vida?
B: O exercício físico sempre foi uma constante na minha vida, desde o futebol na rua em criança, passando pelas corridas noturnas com o meu pai; aos meus 16 anos comecei a praticar musculação com o objetivo de passar nos testes das “Tropas Paraquedistas”, tal que se concretizou cerca de 1 ano e meio depois.

GREAT – E foi aí que te “especializaste” no treino mais hardcore…
B: Exatamente! Nas “Tropas Especiais” o treino é duro e leva-te psicologicamente e fisicamente a outros níveis. “Se é possível está feito, se é impossível há-de fazer-se” um dos lemas que sempre me acompanhou. Resumindo fiz duas missões a TIMOR, nas quais comecei a levar a musculação e nutrição para outro nível, isso graças a um camarada e amigo que era aficionado pelo culturismo. Estes fatores todos juntos construíram para além de valores e disciplina uma relação de amor por este “desporto” e solidificaram os alicerces da actividade física.

GREAT – Mas sabemos que gostas de comer… Qual é o teu segredo para manter a forma?
B: Adoro comer e sou muito guloso! O meu segredo é ter objetivos, caso contrário perco-me! Ahahah! Mas o segredo reside sempre na cozinha!

GREAT – E as tatuagens? À primeira vista tens o corpo todo tatuado, conta-nos como começou.
B: Começou por uma tatuagem aos 14 anos, um diabinho de fraldas! Ahaha! Depois fiz o “Brevet dos Paraquedistas” antes de ir para TIMOR; mas este projecto começou verdadeiramente quando comecei a viajar e a conhecer novas culturas. É a minha história “imortalizada” na minha pele, os meus desafios, as minhas concretizações, os meus medos, a minha filosofia, o meu AMOR!

GREAT – E já tens o tigre da GREAT I AM no corpo?
B: Claro! Em 2017 deixei a Great I Am marcada na minha pele com o tigre que todos conhecemos! Foi através “dele” que se abriram portas, fizeram-se amizades e se proporcionam experiências. Sinto-me grato por pertencer a esta família e esta será uma maneira de a homenagear, e será um orgulho carregar este “estandarte”, pois para mim representa mais do que uma marca.

Depois tenho outro tigre e um Dragao que simbolizam YIN-YANG, o equilíbrio e harmonia.


GREAT – E de repente… És uma das imagens de marca da GREAT I AM! Como é que começou?
B: Começou por uma amizade, que posteriormente nos acompanhou como parceiros de treino. Na altura cortávamos as t-shirts para ficarem como as dos culturistas das revistas…AHAHA!!! Eu treinava num dos ginásios mais antigos do Porto, conhecido como CRÉDITOS.
Faz juz ao oldschool… posters de Ronnie Coleman, Dorian Yates autografados; atletas da casa em provas de culturismo, halterofilismo, supino, levantamento terra… e claro, muito ferro!!!
Um dia o meu amigo Marco pediu-me se podia tirar umas fotos com duas caveadas de treino, e foi nesse dia em que conheci a GREAT IAM.

GREAT – E não há um treino que não uses GREAT I AM!
B: Deixa-me pensar… natação!!!? Não! Desculpa estou a mentir, seria verdade até lançarem as sungas.
A GREAT I AM faz parte do meu dia, todos os dias.

GREAT – O que mais gostas na marca?
B Adoro o design, o conforto, todo o conceito que envolve esta marca e acima de tudo prima pela qualidade. Ainda tenho e uso as primeiras peças que fotografei.

Obrigado, Bino!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *